Nossa experiência com o Detox

Suco Verde, Detox, Desintoxicação

Nesta última semana minha esposa, Neila, e eu fizemos uma experiência de desintoxicação nos utilizando de alimentos crus e sucos. (Vide artigos sobre Detox e Jejum)

 

Antes de mais nada vale lembrar que não pregamos “milagres” e dietas com rápida perda de peso. Se elas existem, não são benéficas à saúde e não são permanentes! O que queremos enfatizar no que se refere à saúde são mudanças de hábitos – alimentação saudável, prática de exercícios, ingestão adequada de água, convívio maior com a natureza, descanso adequado, relacionamento com Deus, etc. – que trarão benefícios permanentes e a seu tempo. Esse é o verdadeiro milagre! E esse é o objetivo desse site e de nossa vida, atualmente.

Há 5 anos atrás, eu, Raul Souza, com 30 anos pesava quase 100Kg. Tinha bronquite, amidalite, labirintite, gastrite, sinusite e quantos “ites” mais você pensar. Isso sem falar no estado mental “amortecido” em que vivia, sem motivações e muitas vezes depressivo.

Tentei muitas “dietas”, tomei remédios para emagrecer, gastei com clínicas de estética em diversos tratamentos e o que mais tivesse a minha disposição, desde que fosse rápido e eu não precisasse mudar nenhum de meus maus hábitos. Sim, alguns resultados sempre vinham, mas em pouco tempo eu já recuperava minha forma física e mental anterior. Sem contar em todos os remédios que tomava semanalmente para as doenças que citei acima.

Esse quadro só mudou em 2010, depois de ler o livro “Ciência do Bom Viver”, de Ellen White, e descobrir os 8 Princípios de Saúde. A partir do momento em que, com a força Divina, eu mudei, então tudo mudou. Em 6 meses praticando esses princípios simples e mudando alguns hábitos eu estava pesando 75Kg e, o mais incrível, não tinha mais nenhuma doença! Joguei fora uma gaveta cheia de remédios e tive que ir às compras refazer meu guarda-roupas. Além da mudança física e mental, minha vida espiritual também tomou outro rumo, pois, com a mente mais clara, eu pude entender o amor de Deus por mim e me converti ao Cristianismo.

Hoje, depois de quase 5 anos, continuo com o mesmo peso (mesmo me casando nesse meio tempo! Rs!) e nunca mais tive nenhuma dessas doenças! Mudança permanente! É isso que você e eu desejamos, certo?

 

Bem, com isso em mente, voltemos ao nosso Detox:

Tínhamos dois objetivos principais: primeiro, fazer um tipo de jejum com objetivos espirituais, pedindo a Deus certas orientações e respostas. O segundo era experimentar na pele o que iremos oferecer aos nossos alunos como parte de alguns programas e cursos no VIVA – Espaço Educativo de Saúde.

Começamos na segunda-feira comendo apenas alimentos crus (frutas, saladas, castanhas). Isso é importante para que o corpo se acostume com alimentos mais simples, antes de entrar na dieta líquida. Melhor ainda se forem dois dias. Veja o Artigo sobre Jejum.

De terça a quinta-feira, assim que acordávamos, tomávamos cerca de 1 litro de água com o suco de 1 limão espremido. Isso ajuda na eliminação de toxinas, ajuda a equilibrar o pH do sangue, estimula o sistema imunológico, entre outros benefícios.

De 30 minutos a 1 hora depois começávamos com os sucos à base de frutas e hortaliças, de três em três horas. Nos intervalos tomávamos água. Chás (sem cafeína) seriam uma ótima opção também, mas não fizemos uso.

Para os sucos usamos como base a seguinte tabela que você também pode utilizar:

COLUNA A – (1 ingrediente)

COLUNA B – (2 ingredientes)

COLUNA C – (1 ingrediente)

1/3 maço de Espinafre 1 xíc. de Uvas 1 xíc. de Água de Côco
2 folhas grandes de Couve 1 Maçã 1 xíc. de Água
1/3 maço de Agrião 1 Laranja s/ casca Suco de fruta natural
1 xíc. Brócolis cru 1 xíc. de Melão s/ casca
2 xíc. Almeirão 1 xíc. de Abacaxi
1/3 maço Rúcula 1 xíc. de Morango, Mirtilo, Amora ou Framboesa
1 Banana s/ casca
1 Kiwi
1 Pêssego
1 Manga s/ casca
1 Mamão Papaya ou 1/2 Mamão Formosa
2 talos de Salsão
1 xíc. de Salsinha
1/2 xíc. de Pepino
1 Cenoura

 

Não se assuste! O suco irá ficar com o gosto da fruta e com a cor da hortaliça. ;]

Já no segundo dia podíamos sentir nossa mente mais clara, a qualidade do sono melhor e, ao contrário do que se possa pensar, estávamos com bastante energia.

Na quinta-feira eu já havia perdido 2,8kg e minha esposa 2kg, apesar de o objetivo não ser esse. Vide o artigo sobre Detox.

Mas o que mais nos chamou a atenção foi um sentimento de alegria que estava constantemente em nosso coração. Tudo parecia melhor, mais feliz, mais legal, estávamos mais carinhosos um com o outro, mais calmos, enfim, não sei explicar de outra forma. Nossos sentidos também estavam mais aflorados, principalmente o olfato e a audição. Sentíamos os cheiros de tudo, com muito mais intensidade e de longe! Os ruídos e barulhos também da mesma forma, podíamos ouvir com muito mais nitidez.

Outra coisa que melhorou foi nossa concentração no trabalho, estava muito melhor.

Neste mesmo dia minha esposa estava sentindo falta de algo salgado, então fizemos um caldo cru. Batemos couve, cenoura, alho, sal, e água. Coamos e deixamos batendo novamente no liquidificador por 1 minuto. Esse tempo no liquidificador aqueceu um pouco o caldo e então tomamos.

Na sexta-feira reintroduzidos os alimentos sólidos crus, como frutas e saladas. O sabor estava incrível! Isso acontece porque “limpamos” nosso paladar, então sentimos o gosto das coisas muito mais acentuado e isso nos dá muito prazer! Na verdade, sentimos nuances de gostos que não sentíamos antes! Eu duvido alguém não gostar de provar algo novo, seja uma fruta ou salada que normalmente não comeria, depois de fazer essa experiência! Aliás, foi fazendo jejuns de um dia que aprendi a comer frutas, pois não gostava de nenhuma. Depois de um dia apenas tomando água, quando provava um fruta, não tinha como não gostar! Mas isso é um outro assunto!

No sábado, quando fomos comer nosso primeiro prato de comida, depois de termos comido um prato de salada crua antes, UAU! Que delícia! Como disse, nosso paladar fica muito mais sensível e sentimos os gostos com muito mais intensidade. Foi muito bom!

Não tivemos sintomas fortes de desintoxicação como náuseas, dores de cabeça ou diarreia, o que é comum (vide artigo sobre Jejum). Isso deve ter acontecido pois já não usamos carnes, leite e derivados, açúcar refinado e frituras em nossa alimentação já há algum tempo. Isso não quer dizer que não tínhamos nada para ser expelido e desintoxicado ou que a desintoxicação não funcionou.

Não fizemos exercícios vigorosos, apenas caminhada e alongamentos.

Nosso nível de energia e disposição continuou acima do normal durante todo o processo.

A qualidade do sono aumentou.

Deus respondeu nossas orações! :]

 

Bem, esperamos que você tenha se beneficiado e motivado de alguma forma! Se tiver alguma dúvida, escreva pra gente ou deixe um comentário que, assim que possível, iremos lhe responder.

Até o próximo post!

 

Autor

Contate-nos:

153 Comments

Leave a Reply